Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 9 de um total de 9
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O cidadão enquanto sujeito no direito internacional : o caso particular da Convenção Europeia dos Direitos do Homem
Autor(es): Alexandra Vilela
Publicado em: In: Para Jorge Leite: escritos jurídico-laborais / coord. João Reis ...[et al.]. - Coimbra : Coimbra Editora, 2014. - Vol. II. - p. 779-793
Assuntos: Direitos do Homem | Justiça | Convenção Europeia dos Direitos do Homem | Tribunal Europeu dos Direitos do Homem
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: DAH.615 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Notas sobre a última revisão ao código penal : um exemplo, o artigo 132.º
Autor(es): Alexandra Vilela
Resumo: O presente estudo quer ser uma reflexão sobre o homicídio qualificado, previsto no artigo 132.º do CP. Pretende-se, muito particularmente, perceber se a Lei n.º 59/2007, de 4 de Setembro, que alterou o CP, veio, ou não, introduzir um factor de perturbação no modo de qualificação do homicídio, enquanto combinação de um critério generalizador, contido no n.º 1, com os diferentes exemplos-padrão, cristalizados, por sua vez, no n.º 2 desse mesmo artigo.
Publicado em: In: Revista portuguesa de ciência criminal. - Lisboa : Aequitas e Editorial Notícias, 1991- . - ISSN 0871-8563. - A. 19, Nº 2 (Abr.-Jun. 2009), p. 199-215
Assuntos: Direito penal | Homicídio qualificado | Revisão de código penal
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: PP.141 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O direito de mera ordenação social : entre a ideia de "recorrência" e a de "erosão" do direito penal clássico
Autor(es): Alexandra Vilela
Publicação: Coimbra : Coimbra Editora, 2013
Descrição física: 608 p. ; 23 cm
Notas: Bibliografia pág. 579-592
Resumo: O presente estudo constitui uma reflexão sobre o direito de mera ordenação social, indagando-se sobre a pertinência deste mesmo direito, qual o lugar que ele ocupa no ordenamento jurídico português e se é necessário proceder à revisão do seu regime geral. Porém, previamente, é feita uma viagem à história deste ramo do direito, não só no plano nacional, como no de alguns ordenamentos europeus, sendo certo que, a dado momento, perceber-se-á que existe um modelo diferente do direito das contra-ordenações. O direito de mera ordenação social português é ainda cotejado com o seu congénere alemão e, através desse estudo comparativo, aliado às reflexões anteriores, chega-se à conclusão de que é premente repensar e rever, sob o ponto de vista legislativo, o ilícito de mera ordenação social
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-32-2139-8
Assuntos: Contra ordenação | Direito penal
CDU: 343.2
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: DPA.997 (CEJ) - 30000027278

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O direito contra-ordenacional : um direito sancionatório com futuro?
Autor(es): Alexandra Vilela
Notas: Bibliografia pág. 161-162
Resumo: No presente texto é efectuada uma reflexão sobre a pertinência do direito de mera ordenação social no quadro do ordenamento jurídico-sancionatório português, ao momento actual. Para se chegar a uma conclusão, são formuladas algumas questões e ensaiadas as respectivas respostas. Tendo-se concluído que tal direito deve continuar a existir, afirma-se a necessidade de proceder à revisão do regime geral do direito de mera ordenação social e deixam-se anotadas algumas propostas de alteração a esse mesmo regime
Publicado em: In: Anatomia do crime. - Coimbra : Almedina. - N.º 2 (jul.-dez. 2015), p. 149-162
Assuntos: Contra ordenação | Ilícito de mera ordenação social | Contra ordenação | Regime geral das contra-ordenações | Direito penal
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: PP.299 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Considerações acerca da presunção de inocência em direito processual penal
Autor(es): Alexandra Vilela
Publicação: Coimbra : Coimbra Editora, 2000
Descrição física: 138 p. ; 23 cm
ISBN/ISSN: ISBN 972-32-0946-2
Assuntos: Direito processual penal | Presunção de inocência
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: DOP.155 (CEJ) - 30000016126

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Colheita de órgãos e tecidos em dadores vivos para fins de transplante
Autor(es): Alexandra Vilela
Publicado em: In: "Lex Medicinae - Revista Portuguesa de Direito da Saúde", Coimbra, A. 1, n. 2, Jul.-Dez. (2004), p. 25-38.
Assuntos: Transplante de orgãos
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: PP.245 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Beccaria : contributo do "direito penal total" para o exercício da cidadania
Autor(es): Alexandra Vilela
Resumo: The present study aims to carry out a reflection on the actuality of the work of Baccaria today, as well as if is work continues, somehow, to have relevence in the context of "total criminal law". The study analyzes Beccaria's contribution to the exercise of citizenship in the context of criminal law. In order to achive this objectve, the study proposes a cursory analysis of some authors thought and their contribution to criminal law. The study concludes with the statement that "total criminal law" itself is a form of exercising citizenship, a fact which is visible in that same criminal law
Publicado em: In: Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. - Coimbra : Imprensa da Universidade, 1914- . - V. 88 (Jan. 2012), p. 271-285
Assuntos: Direito penal | Política criminal | Cidadania
Veja também: Vilela, Alexandra

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: As infrações relacionadas com o direito da moda
Autor(es): Alexandra Vilela, Inês Godinho
Notas: Bibliografia p. 137
Resumo: No presente estudo é feita uma reflexão sobre o direito da moda na perspetiva das infrações penais e contraordenacionais. Dado que o leque destas é muito vasto, foram escolhidos apenas alguns crimes e algumas contraordenações, para efeitos de análise. Para tanto, houve a preocupação de perceber qual o panorama de tais questões, no plano internacional e europeu. - Inclui: I- O direito internacional e da União Europeia. I.1- O Acordo TRIPS (Agreement on Trade-Related Aspects of Intellectual Property Rights). I.2- A Diretiva n.º 98/71/CE. I.3- A Diretiva n.º 2004/48/CE. II- Algumas infrações previstas no Código da Propriedade Industrial. II.1- Os crimes. II.1.1- Visão geral. II.1.2- Contrafação, imitação e uso ilegal de marca. II.1.3- Venda ou ocultação de produtos. II.1.4- Violação dos direitos exclusivos relativos a desenhos ou modelos. II.1.5- Outras questões quanto aos crimes. II.2- As contraordenações. II.2.1- A concorrência desleal. II.3- O direito subsidiário das infrações no CPI e as suas sanções acessórias
Publicado em: In: Direito da moda / coord. Lígia Carvalho Abreu, Francisco Pereira Coutinho. - Lisboa : Universidade Nova de Lisboa. CEDIS, 2019. - Vol. I. - p. 117-137
Assuntos: Moda | Propriedade industrial | Propriedade intelectual | Infracção penal | Contra ordenação
Veja também: Vilela, Alexandra | Godinho, Inês
Localização: DAO.81 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A fase jurisdicional do processo contra-ordenacional
Autor(es): Alexandra Vilela
Notas: Bibliografia pág. 143-144
Resumo: Reflexão sobre algumas normas do Regime Geral das Contra-ordenações, referentes à fase jurisdicional do processo contra-ordenacional e o seu confronto com normas de outros diplomas de alguns sectores regulados, que também versam sobre aquela mesma fase jurisdicional. São ainda efectuadas propostas de alteração sobre as mencionadas normas
Publicado em: In: Anatomia do crime. - Coimbra : Almedina. - N.º 5 (jan.-jun. 2017), p. 129-144
Assuntos: Contra ordenação | Entidade reguladora | Autoridade administrativa | Processo jurisdicional | Regime geral das contra-ordenações
Veja também: Vilela, Alexandra
Localização: PP.299 (CEJ)