Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 2 de um total de 2
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Um olhar sobre a pobreza : vulnerabilidade e exclusão social no Portugal contemporâneo
Autor(es): Alfredo Bruto da Costa ...[et .al.]
Publicação: Lisboa : Gradiva, 2011
Descrição física: 203, [3] p. : il ; 23 cm
Colecção: (Trajectos portugueses ; 71)
Notas: Bibliografia pág. 199-203
Resumo: Em Portugal, a pobreza continua, de modo geral, a ser entendida como fenómeno residual e periférico. Os programas de combate à pobreza têm sido, igual e maioritariamente, residuais e periféricos. São residuais, na medida em que constituem um acrescento marginal às políticas económicas e sociais; e são periféricos porque não atingem os factores estruturais que residem na sociedade dominante (mainstream society). Este é um livro sobre problemas estruturais da sociedade portuguesa. A «fragilidade» estrutural da sociedade portuguesa ressalta bem evidente no estudo longitudinal da pobreza em Portugal. Com efeito, durante pelo menos um dos anos do período entre 1995 e 2000 passaram pela pobreza 46% de portugueses. Entendem, pois, os autores que esta deve ser uma dimensão de referência de qualquer plano de combate à pobreza em Portugal, dado que este é um fenómeno seguramente mais extenso do que o retrato instantâneo captado pelas taxas de pobreza anual. Atendendo à quase manutenção ou redução diminuta da taxa de pobreza em Portugal durante as duas décadas de integração europeia, parece evidente que os consideráveis recursos públicos e privados despendidos durante esse tempo não atingiram as verdadeiras causas da pobreza. É, pois, chegado o momento de uma séria reflexão sobre o assunto. A precariedade laboral, embora factor de vulnerabilidade acrescida à pobreza, não constitui traço característico da situação laboral da grande maioria das pessoas pobres, pelo que, a este nível, as causas da pobreza devem ser procuradas em aspectos mais profundos do mercado de trabalho. Por outro lado, são fundamentais medidas decisivas e eficazes que permitam eliminar ou reduzir drasticamente a situação de pobreza dos pensionistas, que representam um terço das pessoas pobres em Portugal. O estudo põe em evidência que a pobreza, enquanto problema persistente da sociedade portuguesa, exige soluções que dependem não apenas de políticas sociais, certamente indispensáveis, mas também da política económica.
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-616-253-5
Assuntos: Sociologia | Pobreza | Integração social | Exclusão social | Portugal
CDU: 316
Veja também: Costa, Alfredo Bruto da | Baptista, Isabel | Perista, Pedro | Carrilho, Paula
Localização: SOA.563 (CEJ) - 30000026681

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Os usos do tempo de homens e de mulheres em Portugal
Autor(es): Heloísa Perista...[et al.]
Publicação: Lisboa : Centro de Estudos para a Intervenção Social : Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego, 2016
Descrição física: 182 p. : ill. ; 26 cm
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-8399-71-9
Assuntos: Direito do trabalho | Igualdade de oportunidades | Família
CDU: 349.2
Veja também: Perista, Heloísa | Cardoso, Ana | Brázia, Ana | Abrantes, Manuel | Perista, Pedro
Localização: DAH.664 (CEJ) - 30000030474

Capa