Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 1 de um total de 1
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O auto conceito e a resolução de problemas na delinquência juvenil
Autor(es): Maria Faria
Resumo: Um estudo foi realizado com o objectivo de analisar a relação entre delinquência juvenil e características de personalidade, nomeadamente o auto-conceito e as competências de resolução de problemas. Participaram neste estudo 65 jovens, entre os 14 e os 19 anos de idade, divididos entre o grupo delinquente e não delinquente. Os dados foram recolhidos utilizando um questionário de caracterização socio-familiar, o Inventário Clínico de Auto-Conceito e o Inventário de Resolução de Problemas. Os resultados revelam diferenças significativas entre os grupos, a nível do auto-conceito. Os jovens delinquentes revelam maior rejeição social, imaturidade e incapacidade de controlo da ímpulsividade. Não foram encontradas diferenças significativas quanto às competências de resolução de problemas, à excepção da capacidade de resolução activa dos problemas, mais desenvolvida no grupo não delinquente. A análise dos resultados confirma a existência de uma relação Faca entre os comportamentos anti-sociais e alguns factores do auto-conceito e das competências de resolução de problemas.
Publicado em: In: Ousar integrar. - Lisboa : Direcção-Geral de Reinserção Social, 2008. - ISSN 1647-0109. - A. 4, Nº 10 (Set. 2011), p. 19-31
Assuntos: Delinquência juvenil | Adolescência | Personalidade
Veja também: Faria, Maria
Localização: PP.247 (CEJ)