Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 2 de um total de 2
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Álcool e justiça [Recurso electrónico]
Autor(es): Manuel Cardoso ...[et al.] ; conceção e organização Paulo Guerra ; ed. lit. Jurisdição Civil e Processual Civil, Jurisdição da Família e das Crianças, Jurisdição Penal e Processual Penal e Jurisdição do Trabalho e da Empresa
Edição: 1. ed
Publicação: Lisboa : Centro de Estudos Judiciários, 2020
Descrição física: 164 p
Colecção: (Formação contínua)
Notas: Requisitos mínimos: Acesso à Internet e Adobe Acrobat Reader. - Plano de Formação 2018/2019: Álcool e Justiça – 12 de abril de 2019
Resumo: Introdução. A abrir – De quantas redes precisamos para os nossos nós? / Paulo Guerra. A abrir – De quantos nós se faz uma rede? / Raul Melo. Programa da Ação de Formação “Álcool e Justiça”. Capítulo I - O álcool em Portugal – o estado do consumo. i. Intervenção de Manuel Cardoso. ii. Intervenção de Carina Quaresma iii. Intervenção de Paulo Gomes. iv. Intervenção de Carlos Lopes. Capítulo II O álcool em ação – a justiça, a saúde e os outros… (o que se passou durante uma tarde no Auditório do CEJ). 1. Intróito. 2. A mesa redonda. 3. Graça Vilar. ∗ Para aceder aos ficheiros (PDF) deverá fazer o download do e-book. 4. Maria Perquilhas. 5. Renata Benavente. 6. Eva Fernandes. 7. Paulo Duarte Santos. Gravação da Mesa Redonda. 8. Epílogo
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-9018-03-7
Assuntos: Alcoolismo | Segurança rodoviária | Sinistralidade rodoviária | Condução sob o efeito de álcool | E-book
CDU: 343.2
Veja também: Cardoso, Manuel | Quaresma, Carina | Gomes, Paulo | Lopes, Carlos | Vilar, Graça | Perquilhas, Maria | Santos, Paulo Duarte | Fernandes, Eva | Benavente, Renata | Melo, Raul | Guerra, Paulo | Jurisdição Civil, Processual Civil e Comercial | Jurisdição da Família e das Crianças | Jurisdição de Penal e Processual Penal | Jurisdição Trabalho e da Empresa
Outros recursos:
Localização: DPA.1319 (CEJ)

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A fiscalização do crime de condução em estado de embriaguez e a sua influência na sinistralidade rodoviária grave
Autor(es): Tatiana Marques
Resumo: A sinistralidade rodoviária é uma das principais causas de morte, sendo a condução, aliada ao consumo de bebidas alcoólicas, um fator potenciador da sua ocorrência. Ao criminalizar a condução sob efeito de álcool procurou-se reduzir a sinistralidade rodoviária. O presente trabalho tem como objetivo verificar qual a influência que a fiscalização do crime de condução em estado de embriaguez tem na sinistralidade rodoviária grave. Para tal, o autor caracteriza a sinistralidade grave, bem como o crime de condução em estado de embriaguez, no distrito de Lisboa, na área de atuação da Guarda Nacional Republicana (GNR) durante o ano de 2015 e procura verificar se as ações de fiscalização direcionadas para o combate à condução sob influência de álcool surtiram efeito na diminuição da sinistralidade
Publicado em: In: Revista de direito e segurança. - Lisboa : Instituto de Direito Público. - A. 6, n.º 12 (jul.-dez. 2018), p. 213-231
Assuntos: Sinistralidade rodoviária | Condução sob o efeito de álcool | Fiscalização
Veja também: Marques, Tatiana
Localização: PP.310 (CEJ)