Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 10 de um total de 11
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Rebeliões de classe média? : precaridade e movimentos sociais em Portugal e no Brasil (2011-2013)
Autor(es): Elísio Estanque
Notas: Bibliografia pág. 77-80
Resumo: O presente texto centra­‑se nas manifestações e nos movimentos de protesto que ocorreram ao longo dos últimos três anos, com especial atenção aos casos de Portugal e do Brasil. O argumento principal assenta na hipótese de que se trata de dinâmicas e tensões sociais onde transparece uma pulsão de classe média e na qual a juventude e a precaridade ocupam um papel decisivo. Apresenta­‑se um conjunto de dados e elementos empíricos sobre as desigualdades em Portugal, a fim de mostrar a natureza dos principais movimentos enquanto forças de indignação mobilizadas contra a supressão de direitos e a degradação das condições laborais. O caso brasileiro é analisado à luz da recomposição das condições das classes populares, mas tendo em conta os bloqueios e indefinições do modelo de desenvolvimento brasileiro. Analisa­‑se ainda a composição social dos manifestantes a partir de sondagens de rua realizadas à data dos acontecimentos
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S.. - N.º 98 (maio 2014), p. 53-80
Assuntos: Desigualdade social | Movimentos sociais | Precariedade laboral | Portugal | Brasil
Veja também: Estanque, Elísio
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Precários em Portugal : entre a fábrica e o "call center"
Autor(es): org. José Nuno Matos, Nuno Domingos, Rahul Kamar
Publicação: Lisboa : Edições 70, 2011
Descrição física: 135 p. ; 17 cm
Colecção: (Livros de bolso. Le monde diplomatique ; 1)
Resumo: Prosseguindo a prática do jornalismo crítico que caracteriza o Le Monde diplomatique, esta colecção apresenta obras de síntese sobre ternas da actualidade social, política e económica, nacional e internacional. Reunindo artigos publicados no jornal e textos inéditos, a colecção procura oferecer ao leitor conhecimentos e reflexões fundamentais para o desenvolvimento de uma perspectiva informada sobre as sociedades contemporâneas. Em 2010, Portugal era o terceiro país da União Europeia com maior índice de precariedade laboral. Cerca de 23,2% dos trabalhadores por conta de outrem estavam ligados à sua entidade patronal por um contrato a termo ou por outro tipo de vínculo precário. Ao longo deste livro focam-se diversos casos que reflectem uma realidade que se impôs progressivamente nas mais diversas esferas laborais, da fábrica ao call center, do trabalho doméstico aos centros comerciais. Mais do que um mero reflexo de uma «batalha entre gerações», apresentamos aqui um conjunto de investigações que procuram interpretar o fenómeno da precariedade no quadro da evolução das relações de trabalho no nosso país
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-44-1695-3
Assuntos: Direito do trabalho | Precariedade laboral | Desemprego | Portugal
CDU: 349.2
Veja também: Matos, José Nuno | Domingos, Nuno | Kamar, Rahul
Localização: DAH.610 (CEJ) - 30000029022

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Precariado e sindicalismo no Brasil contemporâneo : um olhar a partir da indústria do call center
Autor(es): Ruy Braga
Notas: Bibliografia pág. 49-51
Resumo: A eleição presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002, reconfigurou a relação entre o movimento sindical e o Estado no Brasil. Apoiando­‑se em um ciclo de crescimento econômico, em políticas públicas redistributivas e no controle dos movimentos sociais do país, em especial do sindicalismo, o governo de Lula da Silva conquistou inéditos índices de aprovação popular. No entanto, desde 2008, o número de greves tem aumentado de forma acelerada, alcançando um recorde histórico em 2012. Como compreender que sindicalistas alinhados ao governo liderem um vigoroso ciclo grevista que direta ou indiretamente contraria os interesses do próprio governo? Por meio de um estudo de caso da indústria do call center, setor que mais criou postos formais de trabalho nos anos 2000, pretendemos analisar a relação entre a automobilização dos trabalhadores, a ação dos sindicatos e as políticas públicas federais, que vertebra o atual ciclo grevista brasileiro
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S.. - N.º 98 (maio 2014), p. 25-51
Assuntos: Greve | Sindicalismo | Precariedade laboral | Brasil
Veja também: Braga, Ruy
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O precariado e a luta de classes
Autor(es): Guy Standing ; trad. João Paulo Moreira
Notas: Bibliografia pág. 24
Resumo: A economia mundial encontra‑se em plena Transformação Global, produzindo uma nova estrutura de classes a nível global. Está a surgir uma nova classe – o precariado –, que se caracteriza por incerteza e insegurança crónicas. Embora o precariado esteja ainda em constituição, com divisões no seu seio, os seus elementos encontram­‑se unidos na rejeição das velhas tradições políticas dominantes. Para se tornar uma classe transformadora, no entanto, o precariado necessita de ultrapassar o estádio de rebelião primária manifestado em 2011 e de se constituir como uma classe‑para‑si, capaz de se assumir como força de mudança. Isto implica uma luta pela redistribuição dos bens fundamentais para uma vida boa numa sociedade boa no século xxi – não os “meios de produção”, mas a segurança socioeconómica, o controlo sobre o tempo, espaços de qualidade, conhecimento (ou instrução), saber financeiro e capital financeiro
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S.. - N.º 98 (maio 2014), p. 9-24
Assuntos: Bem-estar social | Classe social | Precariedade laboral
Veja também: Standing, Guy | Moreira, João Paulo
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Novos proletários : a precariedade entre a "classe média" em Portugal
Autor(es): org. Nuno Domingos, José Nuno Matos
Publicação: Lisboa : Edições 70, 2012
Descrição física: 153 p. : il. ; 17 cm
Colecção: (Livros de bolso. Le monde diplomatique ; 4)
Resumo: 1 – «Introdução» (Nuno Domingos e José Nuno Matos). 2 – «Dinâmicas de Crescimento nas Profissões Intelectuais e Científicas. Mobilidade para todos ou diferenciação?» (Vasco Ramos). 3 – «Precariedade: modos de usar» (Ricardo Noronha). 4 – «A massificação da precariedade juvenil» (Magda Nico). 5 – «“Profissão: bolseiro”: perspectivas e perplexidades das políticas de ciência em Portugal» (André Pirralha). 6 - «Estatuto da carreira docente do politécnico: como manter a precariedade» (Marta Pinho Alves). 7 – «O meu local de trabalho é um apartamento no Marquês de Pombal» (Ana Bigotte Vieira). 8 – «A proletarização da advocacia» (Pedro Rita). 9 – «Vamos brincar aos jornais» (João Pacheco). 10 – «Jovens jornalistas: entre sonho e desesperança» (Liliana Pacheco). 11 – «Da transformação do trabalho: o caso dos seguros» (Nuno Domingos). 12 – «Negreiros de tempos modernos: sobre a deslocalização interna de serviços de call-center» (José Nuno Matos e Luís Miranda)
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-44-1719-6
Assuntos: Direito do trabalho | Precariedade laboral | Classe média | Portugal
CDU: 349.2
Veja também: Domingos, Nuno | Matos, José Nuno
Localização: DAH.622 (CEJ) - 30000029252

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Descontentamento na Europa em tempos de austeridade : da ação coletiva à participação individual no protesto social
Autor(es): Maria da Paz Campos Lima, António Martin Artiles
Notas: Bibliografia pág. 168-171
Resumo: Este artigo centra­‑se no exame do novo ciclo de protesto social na Europa em resposta à austeridade neoliberal, considerando dois níveis de análise: o nível macro da ação coletiva, identificando algumas das condições, motivações e características das iniciativas dos novíssimos movimentos sociais e das iniciativas dos sindicatos, explorando as suas diferenças e complementaridades e potencial de articulação; e o nível micro da participação individual, considerando as condições e motivações da participação dos indivíduos nas manifestações de protesto, com base no Inquérito Social Europeu de 2012, com destaque para as características sociodemográficas, incluindo os níveis educacionais e inserção laboral; o descontentamento com a democracia e a economia e a desconfiança nas instituições democráticas; a filiação sindical e participação nas eleições nacionais; e as reivindicações de justiça social nomeadamente quanto à redução da pobreza e desigualdade de rendimentos. No final do artigo explora­‑se em que medida as condições e motivações da participação individual correspondem em maior ou menor grau às condições e motivações da ação coletiva, isto é, dos protestos de iniciativa dos novíssimos movimentos sociais e/ou dos protestos de iniciativa sindical
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S.. - N.º 98 (maio 2014), p. 137-171
Assuntos: Greve | Movimentos sociais | Precariedade laboral | Liberdade de manifestação
Veja também: Lima, Maria da Paz Campos | Artiles, António Martin
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: As greves e a austeridade em Portugal : olhares, expressões e recomposições
Autor(es): Hermes Augusto Costa, Hugo Dias, José Soeiro
Notas: Bibliografia pág. 199-202
Resumo: Num quadro de agudização das condições de trabalho e de reforço das assimetrias nas relações laborais, este texto discute a importância do fenómeno da greve em contexto de austeridade. Na primeira parte são propostos alguns olhares sociológicos sobre a greve, designadamente relacionados com as noções de democracia e regulação sociojurídica, com a(s) ideologia(s) e tensões entre ação coletiva e individual, com as escalas e controvérsias ou ainda com as temporalidades e os resultados. Na segunda parte valoriza­‑se um recorte quantitativo e procura­‑se apurar se o potencial teórico de conflitualidade se verifica em termos concretos. Por fim, relata­‑se uma experiência de greve de trabalhadores de um setor específico e precário (os trabalhadores da Linha Saúde 24) que permite avaliar em simultâneo os desafios que se colocam à ação sindical, bem como refletir sobre novas formas de organização do conflito social
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S.. - N.º 98 (maio 2014), p. 173-202
Assuntos: Austeridade | Greve | Mercado de trabalho | Direitos do trabalhador | Precariedade laboral | Portugal
Veja também: Costa, Hermes Augusto | Dias, Hugo | Soeiro, José
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A precaridade nas relações jurídico-laborais
Autor(es): Domingos José de Morais
Resumo: Apresentação. I - O contrato a termo no sector privado: evolução histórica. II - O contrato a termo no sector público: evolução histórica. III - O contrato a termo e a promessa de celebração do contrato sem termo
Publicado em: In: Questões laborais. - Coimbra : Coimbra Editora. - ISSN 0872-8267. - N.º 42 especial (dezembro 2013), p. 347-366
Assuntos: Direito do trabalho | Contrato a termo | Precariedade laboral
Veja também: Morais, Domingos José de
Localização: PP.190 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Trabalho e desigualdades no século XXI : velhas e novas linhas de análise
Autor(es): Elísio Estanque, Hermes Augusto Costa
Resumo: Assumindo que os estudos nacionais e internacionais em torno do trabalho, das desigualdades e das classes podem ser analisados de uma forma articulada, procede-se neste texto a uma revisão sistematizada de algumas tradições teóricas suscitadas nesses domínios, em conjugação com estudos mais recentes sobre a sociedade portuguesa. Sem deixar de aludir a alguns enquadramentos normativos que enformam o contexto laboral em Portugal, este artigo procura conjugar a reflexão sociológica mais geral com algumas linhas de investigação – nas quais, por sinal, a precariedade parece omnipresente –, com destaque para as desenvolvidas no âmbito do programa de Doutoramento em Relações de Trabalho, Desigualdades Sociais e Sindicalismo que os autores coordenam a partir do Centro de Estudos Sociais e da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S.. - Número especial (novembro 2018), p. 261-290
Assuntos: Classe social | Desigualdade social | Precariedade laboral | Sindicalismo | Sociologia do trabalho
Veja também: Estanque, Elísio | Costa, Hermes Augusto
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Precariedade e atipicidade em tempo de crise
Autor(es): Maria Regina Rendinha
Publicado em: In: Estudos comemorativos dos 20 anos da FDUP / org. Helena Mota ...[et al.]. - Coimbra : Almedina, 2017. - Vol. II. - p. 313-323
Assuntos: Precariedade laboral | Direito do trabalho
Veja também: Rendinha, Maria Regina
Localização: HRN.164 (CEJ)