Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 2 de um total de 2
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O regime jurídico e a destinação do prémio de emissão e das reservas de fusão
Autor(es): Paulo de Tarso Domingues
Resumo: I. O quadro normativo de referência; II. O capitai social e a função de garantia;!. O conceito de capital social; 2. O capital social e a função de garantia; 3. A formação e conservação do capital social: a realização das entradas por parte dos sócios; III. A reserva legal; IV. O ágio; 1. Constituição e razão de ser; 2. Regime aplicável; V. A reserva de fusão; VI. A aplicação do regime da reserva legal ao ágio e às reservas de fusão; VII. Conclusões
Publicado em: In: Revista de direito e de estudos sociais. - Coimbra : Atlântida. - A. 55, (28 da 2.ª série), n.º 1-4 (jan. -dez. 2014), p. 175-197
Assuntos: Regime jurídico do prémio de emissão | Fusão de empresas | Capital social
Veja também: Domingues, Paulo de Tarso
Localização: PP.8 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Neutralidade fiscal na transmissão do património por dissolução de sociedade
Autor(es): Tânia Carvalhais Pereira
Resumo: O presente artigo procura demonstrar que os casos de fusão por incorporação, em que uma sociedade transfere o conjunto do activo e do passivo que integra o seu património para a sociedade detentora da totalidade dos títulos representativos do seu capital social, é susceptível de beneficiar do regime especial de neutralidade fiscal previsto nos artigos 73.º a 78.º do Código do Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas ("IRC"), e na Directiva 2009/133/CE, de 19 Outubro de 2009, relativa ao regime fiscal comum aplicável às fusões entre sociedades de Estados-Membros diferentes. Esta conclusão, que não encontra acolhimento junto da Administração Tributária nacional, assenta na análise literal do normativo previsto na alínea c) do número 1 do artigo 73.º do Código do IRC e no ponto (iii) da alínea a) do artigo 2ª da Directiva 2009/133/CE, de 19 Outubro de 2009, assim como nos princípios fundamentais de Direito Fiscal que corporizam. A interpretação que propugno encontra, igualmente, acolhimento na mais recente jurisprudência nacional e comunitária.
Publicado em: In: Fiscalidade. - Lisboa : Instituto Superior de Gestão, 2000-. - ISSN 0874-7326. - N.º 41 (Jan.-Mar. 2010), p. 17-28
Assuntos: Fusão de empresas | Direito comunitário | Direito fiscal | Decisão judicial | IRC | Capital social | Património
Veja também: Pereira, Tânia Carvalhais
Localização: PP.258 (CEJ)