Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 10 de um total de 18
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A Universidade e o Estado Novo : de corporação orgânica do regime a território de dissidência social
Autor(es): Álvaro Garrido
Publicado em: In: "Revista Critica de Ciência Sociais" Coimbra, n.81, Jun. 2008, p. 133-153.
Assuntos: Ciências sociais | Universidade | Movimentos sociais | Estudante | Estado Novo
Veja também: Garrido, Álvaro
Outros recursos:
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Tribunais políticos : tribunais militares especiais e tribunais plenários durante s ditadura e o Estado Novo
Autor(es): coord. Fernando Rosas
Publicação: Lisboa : Ministério da Justiça : Círculo de Leitores e Temas e Debates, 2009
Descrição física: 633 p. : ill. ; 22 cm
Resumo: Entre 1926 e 1974, existiram e funcionaram ininterruptamente tribunais criados para julgar o que a Ditadura Militar e o Estado Novo consideraram «crimes políticos e sociais» ou «crimes contra a segurança do Estado». Esta obra explica-nos a acção destes tribunais que puniam as actividades políticas, sindicais, militares, culturais, associativas, reivindicativas, de opinião ou outras que as autoridades em geral e a polícia política em especial consideravam atentatórias da ordem estabelecida. Inclui anexos com as listas de juízes, advogados, presos políticos processados pelo Tribunal Militar Especial e presos julgados nos tribunais plenários
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-644-054-1
Assuntos: História do direito | Organização judiciária | Tribunal político | Estado Novo | Ditadura | Portugal
CDU: 34
Veja também: Rosas, Fernando
Localização: HRN.106 (CEJ) - 30000028067

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Proletários ou profissionais ? A condição do jornalista durante o Estado Novo
Autor(es): José Nuno Matos
Notas: Bibliografia pág. 43-45
Resumo: A instauração de um regime autoritário em Portugal a partir de 1926 veio impor restrições ao jornalismo então praticado. Com a institucionalização do Estado Novo, em 1934, a atividade tornou-se sujeita não só à censura, como também às orientações do regime. A partir da pesquisa do Boletim do Sindicato Nacional dos Jornalistas e da Gazeta Literária, editada pela Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto, o objetivo do estudo reside na análise de uma série de artigos, intervenções e debates em torno da condição do jornalista. Estes, como pretenderemos demonstrar, traduzem a clivagem entre defensores de um escol de jornalistas e os que viam no jornalismo uma atividade eminentemente laboral. - Inclui: I- Introdução. II- O Estado Novo e a formação de um escol de jornalistas. III- O contrato coletivo de trabalho e os dilemas da condição jornalística. IV- Proletários ou artesãos? V- Conclusão
Publicado em: In: Sociologia. - Porto : FLUP. - V. 34 (jul.-dez. 2017), p. 27-45
Assuntos: Jornalismo | Estado Novo | História | Portugal
Veja também: Matos, José Nuno
Localização: PP.246 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A política de classe na economia do Estado Novo : a burguesia como classe beneficiária
Autor(es): João Valente Aguiar
Notas: Bibliografia pág. 137-140
Resumo: Este artigo avança com um propósito teórico fundamental sustentado em dados empíricos de diversificada origem. Com efeito, tratar-se-á de romper com a noção de senso comum de que o Estado Novo teria sido um regime autoritário e sem relação com as classes sociais dominantes da época. O propósito passará por demonstrar o papel do regime no reforço da posição económica das classes dominantes de então. Com efeito, como se procurará evidenciar, o Estado Novo assumiu, simultânea e supremamente, um projeto de modernização capitalista ao longo da sua existência
Publicado em: In: Sociologia. - Porto : FLUP. - ISSN 0872-3419. - V. 25 (jan.-jun. 2013), p. 119-140
Assuntos: Estado Novo | Classe social | Política
Veja também: Aguiar, João Valente
Localização: PP.246 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Os serviços de inspeção na assistência e na saúde : 1944-1975
Autor(es): coord. Filomena Bandeira, Ricardo Castro
Edição: 1. ed
Publicação: Lisboa : Inspeção-Geral das Atividades em Saúde, 2018
Descrição física: 122 p. : il. ; 23 cm
Notas: A presente obra resulta do protocolo de cooperação estabelecido em 2017 entre a Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) e o Instituto de História Contemporânea (IHC) da Universidade Nova de Lisboa. Ambas as entidades organizaram um seminário e uma exposição documental, atividades que decorreram em setembro de 2017. - Título da capa: Os serviços de inspeção na assistência e na saúde, 1944-1975 : pensar a Inspeção, valorizar o Arquivo
Resumo: I- Pensar a Inspeção, valorizar o Arquivo / Filomena Bandeira, Ricardo Castro. II- História dos serviços de inspeção - Seminário: 1- 37.º aniversário da IGAS / Leonor Furtado. 2- Da colaboração do IHC com a IGAS / Pedro Oliveira. 3- Palavras introdutórias / Luís Bigotte Chorão. 4- A actividade inspectiva do Estado na perspectiva do direito administrativo / Luís Fábrica. 5- O arquivo da Inspeção da Assistência Social e a investigação histórica / Filomena Bandeira. III- Os serviços da Inspeção da Assistência Social, 1944-1975 - Mostra documental
Assuntos: Assistência social | Serviços de saúde | Inspeção administrativa | Estado Novo | Arquivo | História do direito e das instituições | Conferências e colóquios | Portugal
CDU: 34
Veja também: Bandeira, Filomena | Castro, Ricardo
Localização: HRN.93 (CEJ) - 30000032416

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O marcelismo à luz da revisão constitucional de 1971
Autor(es): Rita Almeida de Carvalho
Resumo: Introdução: a escolha de Marcelo Caetano. 1- O pensamento político de Marcelo Caetano. 2- A ilusão da evolução. 2.1- Os sinais de abertura. 3- A revisão constitucional de 1971. 3.1- as propostas e projectos de lei. 3.2- A vitória do texto da Comissão Eventual para a revisão constitucional. 3.3- O debate na generalidade. Os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos. A liberdade religiosa. A eleição do Chefe de Estado: a zona quente da revisão constitucional. O Ultramar e a unidade política do Estado. 4- Conclusão: a liberalização do regime foi travada
Publicado em: In: Anuário português de direito constitucional. - Coimbra : Coimbra Editora. - Vol. 3 (2003), p. 191-276
Assuntos: Constituição | Revisão constitucional | Estado Novo | História | Direito constitucional
Veja também: Carvalho, Rita Almeida de
Localização: PP.225 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Memórias incómodas e rasura do tempo : movimentos estudantis e praxe académica no declínio do Estado Novo
Autor(es): Miguel Cardina
Publicado em: In: "Revista Critica de Ciência Sociais" Coimbra, n.81, Jun. 2008, p. 111-131.
Assuntos: Ciências sociais | Universidade | Movimentos sociais | Estudante | Estado Novo
Veja também: Cardina, Miguel
Outros recursos:
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: João Pedro Miller Guerra : progresso e liberdade
Autor(es): Ana Paula Pires
Edição: 1. ed
Publicação: Lisboa : Assembleia da República. Divisão de Edições, 2020
Descrição física: 291 p. : il. ; 24 cm
Colecção: (Parlamento ; 70)
Notas: Oferta da Biblioteca da Assembleia da República. - Fontes e bibliografia p. 271-281
Resumo: Se a vida parlamentar de João Pedro Miller Guerra, que este texto analisa, se pautou por duas grandes linhas orientadoras: Progresso e Liberdade - os dois polos em que escolheu desenvolver a sua ação -, a Rutura foi o substantivo que melhor caracterizou a sua intervenção cívica e o percurso público que seguiu até ao final da vida. Escritor meticuloso, soube selecionar as palavras com que deixou registado, em dezenas de artigos publicados nas revistas Análise Social, Brotéria ou O Tempo e o Modo, a sua forma de ver o país, de pensar a organização da Ciência e de entender o papel reservado aos médicos e à Medicina na sociedade. Num ambiente adverso, cedo defendeu que garantir a democracia e as liberdades de expressão, reunião ou associação eram a obrigação moral de qualquer Estado
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-556-709-8
Assuntos: Guerra, João Pedro Miller, 1912-1993 | Biografia | Personalidade política | Estado Novo
CDU: 94
Veja também: Pires, Ana Paula
Localização: HTA.132 (CEJ) - 30000033584

capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Gestão, desenvolvimento e êxito : sociogénese da literatura de auto-ajuda em Portugal
Autor(es): Fernando Ampudia de Haro
Resumo: o objectivo deste artigo é analisar o código de comportamento e de emocionalidade que nasce da literatura de auto-ajuda publicada em Portugal a partir dos anos 1950, momento em que este tipo de publicações começa a ganhar presença e visibilidade. Inicialmente, este código parece afastar-se dos preceitos tradicionais defendidos pelo Estado Novo. No entanto, a análise da sua base social- o desenvolvimento económico, a integração do país no circuito capitalista internacional, a constituição da empresa como novo centro de integração social, a presença de novas mentalidades tecnocráticas e a procura, por parte do poder político, de um tipo de legitimidade baseada no desempenho - permite avaliar melhor esse eventual "afastamento" para observar como o regime integrou e assumiu a nova cultura comportamental e emocional da auto-ajuda num complexo produto de autoridade e liberdade. Tomando como referência os teóricos neofoucaltianos da governamentalidade analisa-se, através do exemplo da auto-ajuda, essa combinação de racionalidade política liberal e autoritária que o Estado Novo exibiu nos seus últimos vinte anos.
Publicado em: In: Revista Crítica de Ciências Sociais. - Coimbra : C.E.S., 1978- . - Nº 94 (Set. 2011), p. 41-61
Assuntos: Ciências sociais | Gestão | Estado Novo | Psicologia social | Portugal
Veja também: Haro, Fernando Ampudia de
Localização: PP.3 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Gente comum : uma história na PIDE : recolha, introdução, contextualização e notas de António Monteiro Cardoso e Paula Godinho
Autor(es): ; Aurora Rodrigues
Publicação: Castro Verde : 100Luz, 2011
Descrição física: 183 p. ; 24 cm
Colecção: (Cultura e sociedade ; 6)
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-8448-03-3
Assuntos: História | Estado Novo | Polícia | Fascismo
Veja também: Rodrigues, Aurora
Localização: HTA.103 (CEJ) - 30000025824