Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 10 de um total de 98
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: La zona internacional de los fondos mariños como patrimonio común de la humanidad : alcance real del principio
Autor(es): José Antonio Pastor Ridruejo
Publicado em: In: Pensamiento juridico y sociedad internacional. - 1986. - Vol. II. - p. 921-927.
Assuntos: Filosofia do direito e do estado | Direito marítimo
Veja também: Pastor Ridruejo, José Antonio
Localização: FRS.83 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Uso del mare, navigazione e transporti : diritto marittimo, della navigazione e dei transporti
Autor(es): Eugenio Spasiano
Publicado em: In: "Rivista di Diritto Civile", Padova, A. 28, (6), Novembre-Dicembre 1982, p. 723-728.
Assuntos: Direito marítimo | Transporte marítimo | Itália
Veja também: Spasiano, Eugenio
Localização: PP.15 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A uniformização do regime jurídico do transporte marítimo de mercadorias : alguns problemas
Autor(es): Alexandra von Böhm-Amolly
Publicado em: In: Estudos em homenagem ao Professor Doutor Marcello Caetano no centenário do seu nascimento / ed. lit. Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. - Coimbra : Coimbra Editora, 2006. - Vol. I. - p. 67-79
Assuntos: Direito marítimo | Transporte de mercadorias
Veja também: von Böhm-Amolly, Alexandra
Localização: DMV.316 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Tribunais marítimos
Autor(es): Ministério da Justiça
Publicação: Lisboa : Ministério da Justiça, 1985
Descrição física: 21 p. ; 24 cm
Notas: Separata do "Boletim do Ministério da Justiça", n. 348
Assuntos: Organização e administração judiciária | Direito marítimo
Veja também: Portugal. Ministério da Justiça
Localização: OMU.100 (CEJ) - 30000001884. - Depósito

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Transporte marítimo de mercadorias : hoje e amanhã
Autor(es): Mário Raposo
Resumo: 1. A Convenção de 1924 e a lei interna portuguesa. 2. As Regras de Visby e o Protocolo de 1979. 3. As Regras de Roterdão. 4. O contrato de volume. 5. Transporte no convés (Conv. de 1924). 6. Transporte no convés (Regras de Roterdão). 7. Atraso na entrega das mercadorias transportadas. 8. A entrega das mercadorias sem apresentação do título. 9. Intermodalidade e Regras de Roterdão. 10. Incorporação da cláusula compromissória das cartas-partidas nos contratos de transporte de mercadorias. 11. As Regras de Roterdão e as "anti-suit injunctions". 12. O Direito Marítimo português: problemas e perspectivas. 13. Um caso exemplar: a lei de salvação "marítima". 14. Reflexão final
Publicado em: In: Revista da Ordem dos Advogados. - Lisboa : O.A.. - ISSN 0870-8118. - A. 73, n.º 2-3 (abr. - set. 2013), p. 525-565
Assuntos: Transporte marítimo | Transporte de mercadorias | Direito marítimo
Veja também: Raposo, Mário
Localização: PP.18 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Traité général de droit maritime
Autor(es): René Rodière
Publicação: Paris : Dalloz, 1976-
Descrição física: v. ; 25 cm
Notas: 1º v.: L'armement : ses agents : ses auxiliares limitation de responsabilité. - 711 p.. - 2º v.: Les gens de mer / Jambu-Merlin. - 317 p.. - Contém: mise à jour au 15 de février 1984.
ISBN/ISSN: ISBN 2-247-0124-X
Assuntos: Direito marítimo | Armas e munições
Veja também: Rodière, René
Localização: DRM.8 (CEJ) V.1 - 30000008843
DRM.8 (CEJ) V.2 - 30000008844

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Traité du nouveau droit de la mer
Autor(es): Rene-Jean Dupuy, Daniel Vignes
Publicação: Paris : Economica, cop. 1985
Descrição física: XXI, 1447 p. ; 25 cm
Colecção: (Droit International)
ISBN/ISSN: ISBN 2-7178-0935-X
Assuntos: Direito marítimo
Veja também: Dupuy, Rene-Jean | Vignes, Daniel
Localização: DRM.15 (CEJ) - 30000008853

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Temas de direito marítimo IV : o porto no fretamento à viagem
Autor(es): Luís de Lima Pinheiro
Resumo: INTRODUÇÃO. I. APRESENTAÇÃO DO NAVIO NO PORTO DE CARREGAMENTO. II. SEGURANÇA DO PORTO. A) Perante estipulação de que o navio deve proceder para porto, cais ou fundeadouro seguro. B) Na falta de estipulação. III. CONTAGEM DA ESTADIA.A) A fixação da estadia. B) Início da contagem da estadia. Navio chegado. Port charter e berth charter. C) Interrupções da contagem da estadia. D) Fim da contagem da estadia. IV. DEMORA E DESPACHO. A) Terminologia. B) Direito à compensação por demora. C) Contagem da demora. D) Construção do direito à compensação por demora. E) Direito a prémio por despacho
Publicado em: In: Revista da Ordem dos Advogados. - Lisboa : O.A.. - ISSN 0870-8118. - A. 75, n.º 3-4 (jul.-dez. 2015), p. 555-571
Assuntos: Direito marítimo | Autorização | Contrato de transporte marítimo | Navios | Seguro marítimo
Veja também: Pinheiro, Luís de Lima
Localização: PP.18 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Temas de direito marítimo II : o navio em direito internacional
Autor(es): Luís de Lima Pinheiro
Resumo: I. Aspectos gerais. II. O navio em Direito do Mar. III. O navio em Direito Internacional Privado. A) Direitos reais sobre navios. B) Contratos de venda de navios. C) Contratos de trabalho a bordo de navios. D) Responsabilidade extracontratual por factos ocorridos a bordo de navios ou envolvendo navios. IV. Considerações finais
Publicado em: In: Revista da Ordem dos Advogados. - Lisboa : O.A.. - ISSN 0870-8118. - A. 71, n.º 2 (Abr.-Jun. 2011), p. 447-476
Assuntos: Direito marítimo | Direito internacional | Navios
Veja também: Pinheiro, Luís de Lima
Localização: PP.18 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Temas de direito marítimo III : pactos de jurisdição e convenções de arbitragem em matéria de transporte marítimo de mercadorias
Autor(es): Luís de Lima Pinheiro
Resumo: Introdução. I. Pactos de jurisdição. A) Noção e efeitos. B) As cláusulas de jurisdição dos conhecimentos de carga e as Convenções de Bruxelas, Hamburgo e Roterdão sobre transporte marítimo de mercadorias. C) Regime estabelecido pelos Regulamentos Bruxelas I e Bruxelas I bis. D) Limites colocados à eficácia dos pactos de jurisdição em matéria marítima pela legislação interna. II. Convenções de arbitragem. A) Noção, efeitos e modalidades. B) As convenções de arbitragem e as Convenções de Bruxelas, Hamburgo e Roterdão sobre transporte marítimo de mercadorias. C) Da oponibilidade ao destinatário da mercadoria da cláusula de arbitragem contida na carta-partida referida no conhecimento de carga
Publicado em: In: Revista da Ordem dos Advogados. - Lisboa : O.A.. - ISSN 0870-8118. - A. 73, n.º 2-3 (abr. - set. 2013), p. 567-594
Assuntos: Direito marítimo | Transporte marítimo | Transporte de mercadorias | Arbitragem
Veja também: Pinheiro, Luís de Lima
Localização: PP.18 (CEJ)