Banner
Base bibliográfica geral
Registos: 1 - 9 de um total de 9
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Une introduction aux cultures juridiques non occidentales : autour de Masaji Chiba
Autor(es): sous la direction de Wanda Capeller et Takanori Kitamura
Publicação: Bruxelles : Bruylant, 1998
Descrição física: 288 p. ; 23 cm
Colecção: (Bibliothèque de l'Académie Européenne de Théorie du Droit FUSL et KUB)
ISBN/ISSN: ISBN 2-8027-1151-2
Assuntos: Direito comparado | Antropologia jurídica | Identidade cultural | Direito africano | Direito muçulmano
CDU: 340.5
Veja também: Capeller, Wanda | Kitamura, Takanori
Localização: DMD.45 (CEJ) - 30000028965

Capa

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Regards éthiques sur les applications juridiques des neurosciences : entre blouses blanches et robes noires
Autor(es): Peggy Larrieu
Resumo: 1. Les perspectives. 2. Les risques.
Publicado em: In: Revue interdisciplinaire d'etudes juridiques. - Bruxelas : Facultés Universitaires Saint-Louis, [1978]- . - Nº 68 (Jun. 2012), p. 145-174
Assuntos: Filosofia do direito | Antropologia jurídica | Ética judicial | Medicina forense | Psiquiatra
Veja também: Larrieu, Peggy
Localização: PP. 92 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Les frontiéres de la langue et du droit : vers une méthodologie de la traduction juridique
Autor(es): Olivier Moréteau
Publicado em: In: Revue internationale de droit comparé. - Paris : S.L.C., [195-?]- . - ISSN 0035-3337. - A. 61, Nº 4 (Out./Dez. 2009), p. 695-713
Assuntos: Direito comparado | Metodologia jurídica | Antropologia jurídica | Linguagem jurídica
Veja também: Moréteau, Olivier
Localização: PP.28 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Le juge : une figure d'autorité
Publicação: Paris : L'Harmattan, 1996
Descrição física: 685 p. ; 22 cm
Notas: Actas do 1. Colóquio organizado pela Association Française d'Anthropologie du Droit, Paris, 24, 25, 26 Novembro 1994
ISBN/ISSN: ISBN 2-7384-4908-5
Assuntos: Filosofia do direito e do estado | Antropologia jurídica
Veja também: Association Française d'Anthropologie du Droit
Localização: FRS.200 (CEJ) - 30000010811

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: La valeur anthropologique du droit : eléments pour reprendre un problème à l'envers
Autor(es): Denys de Béchillon
Publicado em: In: Revue trimestrielle de droit civil. - Paris. - A. 94, n.º 4 (Octobre-Décembre 1995), p. 835-859
Assuntos: Antropologia jurídica | História do direito
Veja também: Bechilon, Denys de
Localização: PP.32 (CEJ)

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: L'anthropologie juridique
Autor(es): Norbert Rouland
Publicação: Paris : PUF, 1990
Descrição física: 127 p. ; 18 cm
Colecção: (Que sais-je? ; 2528)
ISBN/ISSN: ISBN 2-13-042995-5
Assuntos: Filosofia do direito e do estado | Antropologia jurídica | História do direito e das instituições
Veja também: Rouland, Norbert
Localização: FRS.108 (CEJ) - 30000001137

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Homo juridicus : ensaio sobre a função antropológica do direito
Autor(es): Alain Soupiot ; trad. Joana Chaves
Publicação: Lisboa : Instituto Piaget, D.L. 2006
Descrição física: 246 [2] p. ; 24 cm
Colecção: (Direito e direitos do homem ; 24)
Notas: Tít. orig. : Homo juridicus
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-771-869-6
Assuntos: Filosofia do direito e do estado | Antropologia jurídica | Sociologia
Veja também: Supiot, Alain | Chaves, Joana
Localização: FRS.320 (CEJ) - 30000022103

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Entre factos e razões : contextos e enquadramentos da antropologia jurídica
Autor(es): Armando Marques Guedes
Publicação: Coimbra : Almedina, 2005
Descrição física: 330 p. ; 23 cm
ISBN/ISSN: ISBN 972-40-2685-X
Assuntos: Filosofia do direito e do estado | Antropologia jurídica
Veja também: Guedes, Armando Marques
Localização: FRS.312 (CEJ) - 30000021199

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Ensinar e pensar o direito com "não juristas" e com juristas que duvidam
Autor(es): Gilda Nicolau
Resumo: O direito e a justiça evoluem de acordo com o desenvolvimento social. Marca da pós-modernidade, a plural idade das práticas e dos atores de direito continuam, no entanto, mal definidos pelo universo das escolas de época contemporânea parece impor uma reformulação tanto do ensino como da pesquisa em direito. Surge, então, um paradoxo: a mudança é exigida por uma grande parte da população, enquanto o mercado procura, sem cessar, transformar os cidadãos em consumidores de direito. O problema do professor-pesquisador em direito é, dessa forma, a grande distância entre sua função imediatamente útil, que é formar juristas operacionais para sua geração, e sua função de pesquisador, que deveria, em nome da liberdade juridicamente consagrada, autorizar-lhe todas as ousadias concementes ao futuro. Essa liberdade parece destruída tanto pela capa da normalização que afeta a primeira como pela sua asfixia financeira. Diante dessas dificuldades, ensinar e pesquisar supõem conceber junto o objeto da transmissão, depois ir o mais distante possível e, enfim, organizar a mudança para que ela seja possível e progressiva.
Publicado em: In: Meritum. - Belo Horizonte : Universidade FUMEC, 2010. - ISSN 1980-2072. - V. 5, Nº 2 (Jul.-Dez. 2010), p. 215-256
Assuntos: Ensino superior | Sociologia do direito | Direito | Antropologia jurídica | Jurista
Veja também: Nicolau, Gilda
Localização: PP.275 (CEJ)