001 CEJ20180711153436
100   ^a20180711d2018    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aCessão de quotas^epreferências estatutárias^edesenvolvimentos recentes^fEvaristo Mendes
330   ^aAs preferências estatutárias relativas à cessão de quotas continuam a ocupar os nossos tribunais. Revisita-se, por isso, o tema, distinguindo-as das preferências resultantes de pactos de preferência, aludindo às  preferências stricto sensu e às preferências impróprias, bem como à sua validade, e focando sobretudo a atenção na sua eficácia real, vista à luz das finalidades típicas que as justificam. Refere-se também a respetiva articulação com o regime legal do consentimento 
461  1^tDireito das sociedades em revista^cCoimbra^bAlmedina^vA. 10, v. 19 (março 2018)^pp. 71-97
606   ^aDireito das sociedades
606   ^aCessão de quotas
606   ^aPreferências estatutárias
606   ^aFinalidades
606   ^aEficácia real
606   ^aArticulação com requisito do consentimento
700  1^aMendes,^bEvaristo
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20180711
932 d
933 2018
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba