001 CEJ20180627104413
100   ^a20180627d2017    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aSimulação de contrato de sociedade, negócio fiduciário e mandato sem representação^fJosé Lebre de Freitas
330   ^aI. A interposição de pessoas no mandato sem representação. II. A fiducia cum amico. III. A interposição fictícia na simulação. IV. Da simulação do contrato de sociedade. V. Negócio fiduciário e ação sub-rogatória. VI. Da prova testemunhal na simulação. VII. Conclusões 
461  1^tThemis^cCoimbra^bAlmedina^vA. 18, Nº 33 (dezembro 2017)^pp. 7-30
606   ^aMandato sem representação
606   ^aNegócio fiduciário
606   ^aContrato de sociedade
606   ^aAção sub rogatória
606   ^aProva testemunhal
700  1^aFreitas,^bJosé Lebre de
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20180627
932 d
933 2017
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba
966   ^lCEJ^sPP.216^120110726