100   ^a20171229d2017    k  y0porb0103    ba
101 0 ^aeng
102   ^aBR
200 1 ^aPublic prosecutors to defend the public interest^elegitimacy, objectives, methods and accountability^fJosé P. Ribeiro de Albuquerque
320   ^aBibliografia p. 316
330   ^aAs condições prévias para a pergunta que quero abordar hoje são as habilidades sociais, deveres e responsabilidades do Ministério Público de Portugal. É um órgão judicial independente e autônomo, baseado em um modelo constitucional e jurídico que confere funções ao Ministério Público, abrangendo não só o processo penal e a participação na implementação da política criminal, mas também a representação legal dos funcionários, a promoção e proteção do bem-estar das crianças e dos jovens, bem como a proteção dos interesses coletivos e difusos (ambiente, urbanismo, saúde pública, etc.), a salvaguarda da independência judicial e da lei, a execução de decisões judiciais, A revisão constitucional e a promoção do interesse público. É no poder de iniciativa do Ministério Público no interesse público sobre o qual gostaria de me concentrar
461  1^tRevista Acadêmica^cFortaleza^bPGJ/ESMP/CE^x2527-0206^vA. 9, n.º 1 (jan.-jun. 2017)^pp. 301-316
606   ^aInteresse público
606   ^aLegitimidade
606   ^aPrestação de contas
700  1^aAlbuquerque,^bJosé P. Ribeiro de 
856   ^uhttp://www.mpce.mp.br/wp-content/uploads/2017/08/13-Public-Prosecutors-to-Defend-the-Public-Interest-Legitimacy-Objectives-Methods-And-Accountability.pdf^zClick aqui para aceder ao artigo
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20171229
932 d
933 2017
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba