100   ^a20170714d2014    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aA obrigação de assistência clínica e post-trial access^fDenise Oliveira Cezar
330   ^aA participação de seres humanos em ensaios clínicos com medicamentos exige a observância de normas de boas práticas para a sua proteção, em especial, a garantia de assistência clínica por parte do investigador. Este estudo tem a finalidade de analisar a natureza e a extensão da obrigação de assistência clínica, inclusive nos casos em que é necessário assegurar o fornecimento da medicação até o momento em que seja autorizada a sua comercialização. Trata-se da construção de um modelo jurídico para a concepção da obrigação de assistência em ensaios clínicos em geral, e no Post-Trial Access em particular
461  1^tLex medicinae^cCoimbra^bCoimbra Editora^x1646-0359^vA. 11, n.º 21-22 (2014)^pp. 77-103
606   ^aEnsaio clínico
606   ^aMedicamento
606   ^aProtecção da vida humana
606   ^aAssistência médica
700  1^aCezar,^bDenise Oliveira
856   ^uhttp://www.ij.fd.uc.pt/publicacoes/lexmedicinae/lexmedicinae_2014.pdf^zClique aqui para aceder à revista
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20170714
932 d
933 2014
934 
935 k  
936 y
937 0
938 ba