100   ^a20170330d2017    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aTráfico de seres humanos e terrorismo internacional^fJoão Paulo Ventura
320   ^aBibliografia pág. 109
330   ^aAborda-se e discute-se a interação que se vislumbra entre os crimes de tráfico de seres humanos – nas suas diversas modalidades e características diferenciadas – e as atividades de natureza terrorista e dimensão internacional, com o propósito de avaliar em que medida a hégira – que se iniciou a partir de 2012 com destino à região Sírio-Iraquiana na sequência da chamada “Primavera Árabe” e decorreu a bom ritmo durante vários anos – pode ser comparada, ou é de facto equivalente, a gigantesca operação de tráfico de seres humanos. Apresentam-se, nesse contexto, exemplos de recrutamento de mulheres e crianças pela organização terrorista auto-denominada ISIL-ISIS-Da’esh, para efeitos de exploração de trabalho, escravatura e exploração (escravidão) sexual e também pela sua organização (terrorista) satélite Boko Haram, igualmente conhecida como Estado Islâmico na África Ocidental
461  1^tInvestigação criminal^cLisboa^bASFICPJ^x1647-9300^vN.º 11 (fevereiro 2017)^pp. 88-109
606   ^aTerrorismo internacional
606   ^aTráfico de pessoas
606   ^aCooperação internacional
606   ^aExploração sexual
606   ^aExploração do trabalho
700  1^aVentura,^bJoão Paulo
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20170330
932 d
933 2017
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba