100   ^a20161028d2014    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aUnião Económica e Monetária da África ocidental^euma boa ideia, com uma pobre execução ^fJosé Gonzaga Rosa
330   ^aIntrodução. I Porquê a atração de África pelas zonas monetárias. 1. As dinâmicas de integração económica e monetária em África. 2. Da impossibilidade da aplicação do modelo de integração europeu em África. II. A União Económica e Monetária da África Ocidental. 1. A união económica que começou por ser monetária. 2. O sector financeiro na UMOA. 3. A Organização Institucional da Supervisão Financeira na UMOA. 4. A supervisão do sector segurador. 5. A União Bancária da UMOA. Conclusão: O Acordo de Basileia III é solução?
461  1^tRevista de concorrência e regulação^cCoimbra^bAlmedina^vA. 5, n.ºs 20-21 (outubro 2014-março 2015)^pp. 309-334
606   ^aConcorrência e regulação 
606   ^aDireito da concorrência
606   ^aUnião Económica e Monetária
607   ^aÁfrica ocidental
700  1^aRosa,^bJosé Gonzaga
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20161028
932 d
933 2014
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba