100   ^a20160601d2014    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<Uma >leitura humanista da mediação penal^eem especial, a mediação pós-sentencial^fAndré Lamas Leite
210   ^aCoimbra^cCoimbra Editora^d2014
215   ^ap. 9-28 ;^d22 cm
305   ^aSeparata da Revista da Faculdade de Direito da Universidade do Porto, A. 11 (2014)
330   ^a1. Noção de «justiça restaurativa» e suas modalidades. 2. Mediação «pré-sentencial» (eixo da prevenção da Pastoral Penitenciária). 3. «Crónica de uma morte anunciada»? Porque não funciona a mediação penal em Portugal. 4. Mediação «penitenciária» e «pós-sentencial» (eixo da intervenção em contexto prisional). 4.1. Dados de Direito Comparado. 4.2. A situação em Portugal. 4.3. Algumas pistas para o futuro
606   ^aMediação penal
606   ^aJustiça restaurativa
606   ^aDireito processual penal
606   ^aDireito comparado
675   ^a343.1^vBN^zpor
700  1^aLeite,^bAndré Lamas
920 n
921 a
922 m
923  
924  
925  
931 20160601
932 a
933 2014
934 
935 k  
936 y
937 0
938 ba