100   ^a20160304d2014    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<Uma >outra abordagem sobre os círculos eleitorais^fManuel Monteiro
330   ^aEste trabalho coloca os círculos eleitorais no centro da análise e da reflexão. O que nele está em causa não é saber se o facto de existirem círculos que elegem poucos deputados afecta a representatividade dos partidos políticos. Foi outro o objecto do nosso estudo. Identificámos a sub-representatividade parlamentar de importantes partes do território nacional, questionámos o actual modelo de círculos eleitorais e ponderámos para eles uma nova configuração. Uma configuração que liga regiões menos povoadas, com as regiões mais povoadas, uma configuração que pode contribuir para diminuir a imensa desproporção dos deputados eleitos pelos círculos do interior, face àqueles que são eleitos pelos círculos do litoral
461  1^tLusíada^iDireito^cLisboa^bUniversidade Lusíada^vS. 2, n.º 12 (2014)^pp. 203-238
606   ^aDireito eleitoral
606   ^aRepresentatividade parlamentar
606   ^aCírculos eleitorais
606   ^aInterior
606   ^aLitoral
700  1^aMonteiro,^bManuel,^f1962-
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20160304
932 d
933 2014
934 
935 k  
936 y
937 0
938 ba