100   ^a20131105d2013    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<A >liderança no modelo de gestão para os tribunais à luz do preconizado pelo modelo CAF^fMaria João Barata dos Santos
330   ^aCom base na implementação do modele de gestão da Lei 52/08 a autora perspectiva os modelos e tipos de liderança e os sistemas de gestão da qualidade à luz do Modelo de Excelência da Fundação Europeia para a Gestão da Qualidade (EFQM) e da estrutura Comum de Avaliação (CAF). Reconhece uma crise de gestão no Judiciário que levou à criação de um modelo de gestão com critérios de proximidade e flexibilidade, permitindo responsabilização e prestação de contas, de que salienta as funções dos órgãos de gestão da comarca. Entende que a concentração do modelo no juiz presidente não exclui, antes implica, uma liderança e gestão partilhadas, integrando a abertura à comunidade
461  1^tJulgar^cCoimbra^bCoimbra Editora^x1646-6853^vN.º 20 (maio-ago. 2013)^pp. 69-80
606   ^aOrganização judiciária
606   ^aLiderança
606   ^aGestão da qualidade
700  1^aSantos,^bMaria João Barata dos
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20131105
932 d
933 2013
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba