100   ^a20130219d2011    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aCritical legal studies^e<a >indeterminação do direito e a função judicial^fJosé P. Ribeiro de Albuquerque
320   ^aBibliografia pág. 235-237
330   ^aAludindo às razões que ditaram a flexibilidade e imprecisão do Direito, o autor procura dar sequência ao ponto de vista ou critério gnoseológico do Movimento "Critical Legal Studies" (CLS) e das suas propostas para a função judicial, tida por câmara de eco de opções políticas. No desenvolvimento argumentativo do texto está o programa de saber se "existe Direito antes da decisão jurídica" e a indagação por instrumentos metodológicos que trabalhem a imprecisão, paradoxalmente apta a ser condição suficiente duma decisão judicial exaustiva e rigorosa na argumentação
463  1^aBárbara Cruz...[et al.]^tTeoria da argumentação e neo-constitucionalismo^cCoimbra^bAlmedina^d2011^pp. 215-237
606   ^aConstitucionalismo
606   ^aFunção jurisdicional
700  1^aAlbuquerque,^bJosé P. Ribeiro de
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20130219
932 d
933 2011
935 k  
936 y
937 0
938 ba