100   ^a20120611d2011    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aSentido e função do instituto da perda de vantagens relacionadas com o crime no confronto com os outros meios de prevenção da criminalidade reditícia (em especial, os procedimentos de confisco in rem e a criminalização do enriquecimento "ilícito")^fPedro Caeiro
330   ^aNum momento em que a riqueza de origem criminosa parece dominar as preocupações de quem comanda a política criminal, pretende-se reflectir sobre as virtudes e os defeitos dos mecanismos que podem ser utilizados para impedi-la ou recuperá-la, nomeadamente, a instituição de procedimentos in rem, a criminalização do chamado enriquecimento "ilícito" e a perda de vantagens relacionadas com o crime, tanto na modalidade "clássica" como na sua versão "alargada".
461  1^tRevista portuguesa de ciência criminal^cLisboa^bAequitas e Editorial Notícias^d1991-    ^x0871-8563^vA. 21, n.º 2 (Abr.-Jun. 2011)^pp. 267-321
606   ^aPresunção de inocência
606   ^aEnriquecimento sem causa
606   ^aConfisco
700  1^aCaeiro,^bPedro
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20120611
932 a
933 2011
934 9999
935 k  
936 y
937 0
938 ba
966   ^lCEJ^sPP.141^120120611