100   ^a20101207d2010    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aBreves notas sobre os poderes de pronúncia do juiz administrativo no actual contencioso^elimites e conflitos^fCarlos Carvalho
330   ^aA Reforma do Contencioso Administrativo operada em 2002/2004 tem-se revelado um marco e desafio para os tribunais administrativos e para aqueles que aos mesmos recorrem clamando por tutela dos seus direito e interesses. Ao longo do texto analisam-se algumas das inovações introduzidas com aquela Reforma em sede dos poderes de pronúncia do juiz administrativo, quer decorrentes do alargamento, ou ampliação, do âmbito da jurisdição, quer introduzidos nos vários mecanismos processuais em sede da tutela declarativa (urgente e não urgente), cautelar e executiva, sem esquecer as implicações e potenciais / reais conflitos ou simples tensões que alguns destes novos poderes trazem para os princípios da separação e interdependência de podres e que colocam, por vezes, tribunais e juízes administrativos "sob fogo"
461  1^tRevista do CEJ^c[Lisboa]^bCEJ^x1645-829X^vN.º 13 (Jan.-Jun. 2010)^pp. 179-207
606   ^aContencioso administrativo
606   ^aPronúncia
606   ^aJuiz
700  1^aCarvalho,^bCarlos
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20101207
932 a
933 2010
937 0
938 ba
966   ^lCEJ^sPP.228^120101207