100   ^a20090903d2007    k  y0porb0103    ba
101 1 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<O >verde na preocupação do direito internacional humanitário^eentre risco e necessidade militar
200 ^ereflexões sobre o eco-humanitarismo e o futuro da paz verde^fMárcia Mieko Morikawa
330   ^aA protecção do ambiente em tempos de conflito armado insere-se no quadro das problemáticas ambientais globais que se enfrentam. Este breve artigo tem por objectivo analisar em que medida o Direito internacional humanitário (DIH) oferece mecanismos satisfatório para a protecção do ambiente em situações de «conflito armado». Tem, é importante salientar a óptica do DIH e não do Direito do Ambiente, sendo certo que intentaremos aprofundar o dialogo entre essas duas áreas - dialogo fundamental para aprimorar a protecção ambiental em tempos de guerra. Nossa preocupação recais sobretudo na problemática do crescente impacto ambiental causado pelas incursões militares e novas tecnologias de armas desenvolvidas. A análise passará por algumas regras e princípios do DIH (principalmente do Direito de Haia) e por alguns dos principais instrumentos internacionais de protecção do ambiente em tempos de conflito armado
461  1^tCEDOUA^cCoimbra^bCEDOUA - Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra^d1998-^x0874-1093^pp. 87-103^vA. X, nº. 20 (Jul./Dez. 2007)
606   ^aDireito humanitário internacional
606   ^aProtecção do ambiente
606   ^aGuerra
606   ^aSegurança internacional
700  1^aMorikawa,^bMárcia Mieko
920 n
921 a
922 a
923  
924  
925  
931 20090904
932 d
933 2007
936 y
937 0
938 ba
966   ^lCEJ^sPP.260^120090903